Como começar a praticar mindfulness?

Atualmente, existem muitos programas de treinamento baseados em mindfulness para a melhoria da qualidade da vida humana e para ajudar a aliviar diversos sofrimentos e limitações.

É importante notar que mindfulness, assim como toda prática contemplativa, é uma prática de cultivo e, portanto, requer treinamento e prática regular.

Nos programas de treinamentos temos as chamada práticas formal e informal.

As práticas formais são práticas meditativas, geralmente, feitas sentado e com os olhos fechados buscando introspecção e refinamento da atenção. As práticas informais são um modo de aplicar o estado de consciência plena às atividades cotidianas.

Estes dois modos de praticar nos levam à incorporação da atitude de mindfulness no dia a dia (veja aqui), tendo uma maior abertura para a vida que flui no agora.

É possível começar a introduzir essa prática na vida através de micropráticas, que são práticas de curta duração, aplicadas ao cotidiano.

A ideia das micropráticas é que sejam simples e possam nos ajudar a levar a atitude de mindfulness para o dia a dia. Elas não substituem as práticas formais e mais longas, mas contribuem no manejo de estresse e ansiedade ao longo do dia.

Compartilho com você um artigo recente sobre micropráticas para prevenção de burnout e bem-estar emocional

https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pmc/articles/PMC7146659/

Abaixo 3 exemplos para introduzir micropráticas na rotina de toda a família:



VOLTAR PARA O BLOG