Criando conexão entre educadores e educandos

A volta às aulas presenciais tem causado muitas dúvidas, insegurança e apreensão, tanto em educadores como educandos e familiares. O que podemos saber neste momento é que é requerido de nós flexibilidade, resiliência e paciência para lidar com as mudanças constantes e as incertezas presentes.

Queremos oferecer algumas dicas para criar e manter conexão entre educadores e educandos.

1. Conexão consigo: Antes de entrar em aula, seja virtual ou presencial, procure pegar alguns instantes para estar consigo mesmo. Se for possível, experimente sentar-se num local mais tranquilo, deixe seus olhos fecharem ou suavizarem seu olhar e concentre-se em seu corpo. Conecte os pés no chão, sente-se na cadeira e sinta que sua coluna está se alongando para cima. Faça três respirações bem longas, suaves e profundas. Perceba como você está agora, acolhendo os sentimentos presentes. Está tudo bem seja como for. Agora se prepare para estar em contato com a sua turma de educandos.

2. Na aula: Uma vez na aula, procure se conectar com seus alunos olhando-os nos olhos, estando atento a seus gestos e também ao seu tom de voz na fala. Em tempos de poucos abraços, lembre-se seu tom de voz pode ser um toque gentil, uma força energizante ou calmante para os seus alunos.

3. Check-in: Assim como você busca se conectar consigo mesmo e com o que está sentindo antes de começar a aula, talvez você possa pegar alguns instantes da aula para convidar seus alunos a compartilharem como estão no dia. Você pode usar, por exemplo, a analogia da previsão do tempo: peça aos alunos falarem como estão se sentindo usando a previsão do tempo, como “hoje estou bem e feliz como um dia ensolarado” ou “hoje estou sentindo um dia de vento forte, como a ansiedade que vem e vai”. Lembre-se de fazer o seu próprio check-in e de dizer que todas as experiências emocionais são naturais, assim como o tempo meteorológico.

4. Aula on-line: No ambiente virtual pode-se usar a imagem de fundo para representar como está se sentindo no dia, isso pode ser até uma atividade criativa e investigativa de si. Isso também pode ajudar aqueles alunos que não se sentem à vontade para compartilhar suas vidas domésticas e podem querer manter a câmera desligada por motivos legítimos. Estimule a utilização de um plano de fundo virtual, assim ninguém se destaca.

5. Música: Que tal iniciar com um período de música? Talvez possa solicitar pedidos dos alunos (mas ouça primeiro para ter certeza de que são adequados). Isso pode gerar conexão, calma e alegria.

Embora esses tempos possam parecer desafiadores, é encorajador saber que muitas de nossas estratégias de ensino baseada em mindfulness e meditação podem cooperar com educadores, educandos e famílias. Nós os encorajamos se darem muito amor e paciência nestes tempos. Educadores são por natureza criativos, resilientes, adaptáveis e fortes. Juntos podemos encontrar maneiras de construir ambientes mais saudáveis para todos. Continuamos juntos, continuem firmes. Nós amamos vocês!



VOLTAR PARA O BLOG